Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
destaque home

A Reforma tira dinheiro de servidores mais antigos

Muitos servidores que já estão perto da tão sonhada aposentadoria pensam que estão protegidos das mudanças previdenciárias graças às regras de transição entre regimes.

Você sabia que não é bem assim?

De acordo com nova proposta de Reforma da Previdência, os servidores públicos mais antigos serão justamente os mais prejudicados pelas alterações.  

O texto estipula que quem ingressou no funcionalismo até 31 de dezembro de 2003 precisará trabalhar até completar a idade mínima definida pela Reforma se quiser a integralidade e a paridade. Ou seja: trabalhar até os 62 anos, se for mulher (com 30 anos de contribuição), ou até os 65, se for homem (com 35 anos de contribuição), para não perder dinheiro.

Assim, se a Reforma for aprovada, muitos serventuários terão que seguir na ativa por muitos anos a mais se quiserem receber aquilo que já teriam direito se não houvesse a Reforma.

O que muda para você: terá que trabalhar mais por algo que já seria seu direito. #NovaPrevidênciaÉNovoRetrocesso

Compartilhe
1
×
Receba mais notícias por WhatsApp