Skip to content

Alerj aprova projeto que autoriza suspensão do pagamento de empréstimos consignados por 120 dias

Para que a suspensão da cobrança das parcelas dos empréstimos consignados de servidores, pelo período de 120 dias (quatro meses) seja efetivada, além da sanção pelo governador do estado, Wilson Witzel, em até 15 dias o Projeto de Lei 2.284/2020 precisará ser regulamentado. A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou, nesta terça-feira (12), a proposta que teve apoio irrestrito das entidades que compõem o Fórum Permanente dos Servidores Públicos do Rio de Janeiro (Fosperj) inclusive do Sindjustiça-RJ.

O projeto aprovado abrange a suspensão de consignados e empréstimos em geral para servidores ativos, aposentados e pensionistas.

Diferentemente de outros estados, a novidade do projeto é que a medida proíbe a cobrança de juros ou multa durante a vigência do decreto, e nenhum contratante de empréstimo poderá ter o nome inserido nos sistemas de proteção de crédito.

Para o Sindjustiça-RJ, a medida que irá atender parte significativa dos serventuários da Justiça, trará grande alívio nesse momento tão delicado da história, pois a pandemia do Coronavírus está afetando empregos, salários e renda de familiares de servidores.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Veja Também

Outras Notícias

NOTA DE PESAR

Com pesar, comunicamos o falecimento de mais um colega da Comarca de Sumidouro, vítima da Covid. Pedro Álvaro Gomes de Oliveira era Técnico de Atividade

NOTA DE PESAR

Infelizmente, comunicamos o falecimento de mais uma colega, Davila Daudt Veras de Araujo, que partiu prematuramente, aos 33 anos, como mais uma vítima da Covid.

X