Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

CORREGEDOR LUIZ ZVEITER DEBATEU QUESTÕES DA CATEGORIA

Ontem, por volta das 15h, diretores do Sind-Justiça reuniram-se com o Corregedor Luiz Zveiter. Foi uma reunião longa onde se debateu as principais questões de interesse dos serventuários: remoções, licença prêmio, plantão dos comissários no aeroporto internacional, o próprio plantão judiciário, a questão do início das férias no dia primeiro, a necessidade de concurso público, o adiamento de férias em virtude de licença médica, a perícia médica no TJ, o auxílio transporte e várias outras.

A questão da remoções dominou a reunião. Os diretores falaram sobre a forma com elas vinham sendo feitas. O desembargador Luiz Zveiter garantiu que está havendo maior cuidado ao se fazê-las. O critério da maior proximidade da residência foi requerido pela diretoria. No entanto, segundo o corregedor as remoções precisam continuar. O TJ passa por sérias dificuldades devido ao grande número de colegas que estão trocando seus cargos por outros com melhor remuneração. Além disto, no final da gestão Cavalieri foram feitas inaugurações de vários novos Juízos de Direito sem considerar a evasão de servidores. O resultado são os buracos que estão sendo trabalhados com as remoções.

Concurso Público
O corregedor foi claro ao dizer que em julho, após a realização das remoções, será feito estudo de carência de pessoal para a realização de concurso público.

Licença Prêmio
O direito à licença prêmio também foi afetado. O desembargador Luiz Zveiter afirmou que em julho elas voltarão a ser concedidas. Havia-se acertado o prazo de final de maio para retorno das licenças, mas o prazo foi dilatado devido à evasão de servidores.

Plantão de comissários
Os comissários da I Vara da Infância vão ter escala de plantão de 18 horas de trabalho por 72 horas de folga. Está é uma antiga reivindicação dos comissários que fazem plantão no aeroporto internacional. A medida será publicada em breve. Também será providenciado alojamento adequado para estes servidores no aeroporto. Outra novidade é a criação de um regime de plantão noturno para os comissários nos moldes do plantão judiciário.

Licença Médica
Assunto que mereceu atenção foi a questão do adiamento das férias caso o servidor precise tirar licença médica. A diretoria asseverou que no modelo atual vários colegas estão sendo prejudicados. A corregedoria alegou que o objetivo da medida foi evitar abusos que estariam ocorrendo. Servidores estariam emendando férias com licenças médicas. A diretoria está buscando a feitura de resolução que não prejudique os que precisarem da licença médica.

Compartilhe