Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
destaque home

Em 30 de maio, Sindjustiça-RJ participará de ato unificado em defesa da educação

A defesa da educação pública, gratuita e de qualidade deve ser responsabilidade de todos os brasileiros.

Ao contrário do que diz o senso comum, as universidades públicas não beneficiam apenas aos que estudam e trabalham nesses espaços, mas a toda a sociedade.

O trabalho desenvolvido pelas instituições se traduz em pesquisas, serviços, atendimentos e desenvolvimento social que aumentam a qualidade de vida de toda a população.

Entretanto, as atividades realizadas pelas universidades federais estão gravemente ameaçadas pelo corte de verbas do Governo Federal.

Segundo posicionamento do Ministério Público Federal, a medida é inconstitucional, além de desrespeitar o que havia sido definido pela Lei Orçamentária Anual.

O desmonte no Rio de Janeiro

Os cortes abocanharam 30% das verbas anuais das instituições públicas federais. O orçamento bloqueado foi justamente a parcela reservada a despesas indispensáveis para a continuidade das aulas, pesquisas e projetos de extensão, como energia elétrica, telefone, água, segurança e limpeza.

Na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a suspensão de R$ 114 milhões poderá inviabilizar as atividades no segundo semestre deste ano, afetando até mesmo os trabalhos do Complexo Hospitalar e da Saúde, que perdeu R$ 3,5 milhões.

Já na Universidade Federal Fluminense (UFF), o corte foi de R$ 45 milhões. Outras instituições, como os Institutos Federais do estado e o Colégio Pedro II, também foram atingidas.

Sindjustiça-RJ vai às ruas em defesa da educação

O Sindjustiça-RJ acredita que sem educação, não existe justiça. Por isso, o sindicato vai às ruas em 30 de maio, data que foi definida por entidades representativas de professores e estudantes como um dia de luta contra os desmontes em uma área prioritária para o desenvolvimento do país.

Para demonstrar o apoio dos servidores do Poder Judiciário, a entidade irá se juntar aos colegas do Sindicato dos Servidores das Justiças Federais no Estado do Rio de Janeiro (Sisejufe) e se somar a um grande ato unificado que irá acontecer no centro da capital.

Mobilização

A concentração irá acontecer às 16h, na Avenida Presidente Vargas, esquina com a Avenida Rio Branco. De lá, as duas categorias seguem para o ato unificado com estudantes, professores e funcionários de todos os lados ensino, às 17h, na Candelária.

O Sindjustiça-RJ convoca todos os serventuários para participarem desse momento de defesa da educação pública. O que está em jogo não é apenas o funcionamento das instituições públicas federais, mas todo o projeto educacional que pauta a construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

Participe dessa luta!

Ato em defesa da educação – Sem educação não existe justiça!

Data: 30/5/2019 (quinta-feira)

Horário: 16h

Local da concentração: Avenida Presidente Vargas, esquina com a Avenida Rio Branco

Fonte: Sindjustiça-RJ

Compartilhe