Skip to content

NESTA TERÇA, SERVIDORES EXIGIRÃO CPI DA SAÚDE NA POSSE DE NOVOS DEPUTADOS ESTADUAIS

Representantes de movimentos sociais, sindicatos, igrejas, associações de moradores da zona oeste e pacientes do Hospital Estadual Pedro II farão nesta terça-feira (1º de fevereiro), a partir das 15h, um grande ato público em frente à Alerj (Assembleia Legislativa), durante a cerimônia de posse dos novos deputados eleitos em 2010.

Além de pressionar pela imediata reabertura do Pedro II, a manifestação cobrará a instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da saúde no Estado do Rio.

“Queremos fazer uma radiografia geral da saúde no Estado do Rio e nos municípios, investigando tudo sobre a aplicação de verbas do setor e responsabilizando os que causaram o sucateamento dos hospitais nos últimos anos, começando pelo governo Cabral Filho (PMDB)”, explica Gilberto Custódio de Mesquita, servidor do Pedro II e diretor do Sindsprev-RJ.

Fechado após o incêndio do dia 14 de outubro de 2010, o Hospital está sendo passado ao município do Rio, que pretende entregar a gestão da unidade a uma ‘Organização Social’, forma disfarçada de privatização. O Conselho Municipal de Saúde já se posicionou contrariamente à transferência do Pedro II para o município. (informações do Sindsprev-RJ)

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Veja Também

Outras Notícias