Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

Passei o Natal sem ter o que comer, diz servidora que recebeu cesta básica doada por colegas

Funcionários públicos criaram campanha para ajudar trabalhadores que estão sem receber

Mesmo sob sol forte, servidores do Estado do Rio que estão sem receber salários desde novembro formaram uma longa em frente à sede do SindJustiça-RJ (Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Rio), no centro do Rio, na quarta-feira (28), para pegar uma cesta básica e garantir a ceia do Ano Novo.
A iniciativa é do Muspe (Movimento Unificado dos Servidores Públicos Estaduais) e do SindJustiça-RJ (Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Rio). Em conjunto, os grupos iniciaram uma campanha de arrecadação de alimentos para ajudar a ceia de Natal de funcionários públicos, aposentados e pensionistas. Com a enorme procura, os organizadores decidiram continuar a distribuição por prazo indeterminado.
A pensionista Margarida Ramos Coelho foi uma das beneficiadas pela campanha. Porém, ela revelou que está passando por uma situação crítica.
— Passei o Natal sozinha, sem nada para comer. Hoje, mandaram eu vir aqui dizendo que estavam dando a cesta, e eu vim. Mas estou sem luz e sem gás. Estou contando com a ajuda dos vizinhos.
Desde o dia 14 de dezembro, já foram arrecadadas mais 34 toneladas de alimentos. De acordo com o diretor-geral do sindicato, Ramon Carrera, 1650 cestas básicas foram entregues até terça-feira (27). No estoque, ainda restavam 550 unidades.
O governo do Estado já avisou que vai dividir os salários dos servidores em até nove parcelas. E ainda não há previsão para o pagamento do 13º salário.
Quem quiser contribuir com a campanha, pode se dirigir à sede do SindJustiça. O endereço é Travessa do Paço 23, 13º andar, no centro do Rio.

FONTE: http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/passei-o-natal-sem-ter-o-que-comer-diz-servidora-que-recebeu-cesta-basica-doada-por-colegas-29122016

Compartilhe