Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

PAUTA GERAL DA CAMPANHA 2012 DOS SPF SERÁ PROTOCOLIZADA NO PRÓXIMO DIA 24

Os servidores públicos federais (SPFs) começam o ano unidos em torno do fortalecimento da Campanha 2012 da categoria. Em reunião na tarde desta terça-feira (10), em Brasília, o Fórum das Entidades de Servidores Federais ratificou os eixos unitários da campanha.

Também foi decidido que no próximo dia 24 de janeiro a pauta geral será protocolizada no Ministério do Planejamento, na secretaria geral da Presidência da República e nas mesas diretoras da Câmara e do Senado.

“Foram mantidos os sete eixos da campanha realizada em 2011 e acrescentado mais um, que é a exclusão do artigo 78 da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) 2012. Tal artigo estabelece que só poderão ser concedidos reajustes salariais aos servidores se a concessão dos mesmos tiver sido prevista em projeto de lei apresentado até 31 de agosto do ano passado. Para o ANDES-SN, esse artigo é antidemocrático, além de ser extremamente prejudicial à luta dos servidores”, afirma o 1º vice-presidente da Regional Nordeste II, Josevaldo Pessoa da Cunha, que acompanhou a reunião.

O encontro na sede da Condsef foi antecedido de uma reunião da Coordenação Nacional das Entidades dos Servidores Federais (Cnesf), realizada na tarde do dia 9 e na manhã do dia 10.

Além de definir a data de 24 de janeiro como o dia para a protocolização da pauta geral da Campanha 2012 dos SPF, o Fórum também deliberou pela realização de uma jornada de atividades de mobilização nos estados no período de 12 a 16 de março, que deve culminar em um grande ato a ser realizado em Brasília.

Outra deliberação tomada pelas entidades é que deve ser articulado o relançamento da “Frente Parlamentar de Defesa do Serviço Público” no parlamento federal como forma de se fortalecer a Campanha 2012 dos SPF.

A reunião do Fórum contou com a participação de representantes de 15 entidades nacionais e de 10 entidades de base dessas organizações. Além do ANDES-SN, estavam presentes a CSP-Conlutas, a Fenasps, o Sinasefe, a Condsef, a Fasubra e a Asfoc-SN, entre outras entidades.

Os 8 eixos que vão nortear a Campanha dos SPF 2012 são os seguintes:

– Política Salarial permanente, com reposição inflacionária, valorização do salário-base e incorporação das gratificações;

– Contra qualquer reforma que retire direitos dos trabalhadores;

– Implementação de negociação coletiva no setor público e direito de greve irrestrito;

– Exclusão de dispositivos antidemocráticos da LDO/LOA, como o artigo 78 da LDO/2011, que visam obstruir a negociação com os servidores públicos sobre os seus direitos;

– Retirada de Propostas de Emendas Constitucionais (PEC), Projetos de Lei (PL), Medidas Provisórias (MP) e Decretos contrários aos interesses dos servidores públicos (PL 549/09 — congelamento dos salários por dez anos, PL 248/98 — demissão dos servidores público por “insuficiência de desempenho”, PL 92/07 — cria a fundação estatal de direito privado, PL 1992/07 — transfere a aposentadoria dos servidores públicos para os fundos de pensão, PL 79/11 — cria a empresa para gerir os hospitais universitários, PEC 369 — restringe o direito à organização dos trabalhadores e o direito de greve, entre outros;

– Cumprimento, por parte do governo, dos acordos firmados e não cumpridos;

– Paridade entre ativos, aposentados e pensionistas;

– Definição de data-base (1º de maio).

Fonte: ANDES-SN

Compartilhe