Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Nota da diretoria

PL 1.024 reposição inflacionária 2015

Desde ontem (11), os diretores Aurélio Lorenz e Tony Vieitas estiveram em uma verdadeira peregrinação entre Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) e Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). Hoje, por volta de 11h, foram atendidos pelo presidente do Tribunal de Justiça. Durante a reunião, os diretores questionaram se houve, há ou haverá ponderações contrárias por parte da administração do TJ com relação à votação do Projeto de Lei 1.024/15 de reposição inflacionária (5%).

Fomos informados de que a presidência não intercedeu e nem intercederá contrariamente.

Imediatamente, os diretores dirigiram-se à Alerj. Ao terem aguardado cerca de quatro horas, foram atendidos de forma inusitada no plenário da assembleia, durante a sessão parlamentar, nos trabalhos da mesa, em meio a falações de deputados. O presidente em exercício, André Ceciliano, afirmou categoricamente que houve sim pedido do PTJ para que o projeto não fosse colocado em pauta.

Desde já informamos que está mantida a reunião com a presidência da Alerj e a comissão formada por serventuários presentes no ato do último dia 7, marcada para próximo dia 14, quinta-feira, às 12h. Ocasião em que receberemos a resposta do presidente da Alerj sobre a votação e decidiremos os rumos de nossa LUTA.

Diretoria Colegiada 2018/2020

Compartilhe