Skip to content

Temer diz que respeitará resultado de votação de denúncia contra ele

Sob o risco de ser afastado temporariamente do cargo, o presidente Michel Temer disse nesta terça-feira (11) que respeitará qualquer que seja o resultado da votação da denúncia contra ele na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça).

Em discurso no lançamento do Plano Safra 2017/2018, o peemedebista disse que a Câmara tomará uma decisão “importantíssima” nesta semana e que não é hora de ter “dúvidas” ou “receios”.

A expectativa é de que na sexta-feira (14) seja finalizada a tramitação da denúncia por corrupção passiva na CCJ, sendo votada em plenário na semana que vem. Para que a ação seja aberta pelo STF (Supremo Tribunal Federal), é preciso que 342 dos 513 deputados votem a favor dela.

“A Câmara dos Deputados nesta semana tem uma importantíssima decisão a tomar e eu respeitarei qualquer que seja o resultado da votação. Não é hora de duvidas e receios, a hora é de respostas rápidas”, disse.

Nesta terça-feira (12), o Palácio do Planalto fará mais uma troca na CCJ, totalizando 21 mudanças na tentativa de barrar relatório desfavorável ao peemedebista.

Vice-líder do governo, Beto Mansur (PRB-SP) assumirá no lugar de Lincoln Portela (PRB-MG), que em enquete da Folha não se pronunciou como votaria.

No discurso, o presidente ressaltou que ainda conta com respaldo junto ao Poder Legislativo e disse que, embora o governo enfrente protestos “de vez em quando”, “a caravana tem de continuar a passar”.

“Há protestos de vez em quando, alguns poucos protestos, e a caravana vai passando. Nós somos a caravana”, disse.

Para ele, o único caminho a enfrentar é “não ter medo”. “Nós devemos deixar os receios de lado”, disse. O peemedebista também disse que a reforma trabalhista será aprovada nesta terça-feira (11), ainda que a expectativa do Palácio do Planalto seja de um resultado apertado.

“Não tenho dúvidas de que continuaremos avançando. O meu governo não perdeu tempo, deixou a matéria pronta e ela vai ser aprovada, se Deus quiser”, disse.

O presidente disse ainda que, deixando “toda modéstia de lado”, soube escolher uma equipe ministerial que tem “dado os melhores resultados para o país”.

Ao todo, o ministro do STF Edson Fachin determinou a abertura de inquéritos contra oito ministros do governo peemedebista no rastro da Operação Lava Jato.

“Nós soubemos escolher a nossa equipe e não são coisas vindas do céu. Nós soubemos escolher uma equipe que tem dados os melhores resultados ao país”, disse.

COTOVELADA

No evento, o Banco do Brasil anunciou que irá disponibilizar R$ 103 bilhões em financiamentos para a atividade rural, dos quais R$ 91,5 bilhões serão destinados a produtores e cooperativas.

Segundo o presidente da instituição financeira, Paulo Caffarelli, o montante disponibilizado para a nova safra é 30% maior que a anterior e serão reduzidas em um ponto percentual os juros para as linhas de custeio, investimento e comercialização.

Em discurso, o ministro Blairo Maggi (Agricultura) destacou o aumento da produção agrícola no país e ressaltou que não se conquista mercados estrangeiros com “beijos” e “abraços”.

FONTE: http://www1.folha.uol.com.br/poder/2017/07/1900238-temer-diz-que-respeitara-resultado-de-votacao-de-denuncia-contra-ele.shtml

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Veja Também

Outras Notícias

NOTA DE PESAR

Comunicamos, com enorme tristeza, o falecimento da colega Priscilla Braga, ocorrido na manhã desta quinta, por complicações da Covid. Priscila estava lotada no Fórum da

VENDA DA LICENÇA TERMINA HOJE, 21

Termina hoje, 21 de maio, o prazo para venda da licença-prêmio! Por favor, compartilhem a informação e avisem aos colegas da serventia que estejam de

X