Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Aposentados

UNA-SE: RIO EXIGE RESPEITO A APOSENTADOS E A PENSIONISTAS

O Rio de Janeiro (RJ) recebeu de braços abertos a luta pela defesa dos aposentados e dos pensionistas. Neste sábado (16), o UNA-SE, Movimento Unificado dos Idosos, Aposentados e Pensionistas do Serviço Público e do INSS, promoveu um ato no Clube Municipal, no bairro da Tijuca.

O evento começou com um minuto de silêncio pela memória de Eduardo Campos, candidato à Presidência da República pelo PSB que faleceu em acidente aéreo na quarta-feira (13), além das outras seis vítimas do episódio. A presidente da ANFIP – umas das entidades fundadoras do UNA-SE –, Margarida Lopes de Araújo, classificou Campos como uma jovem liderança política que deixa grande lacuna no cenário nacional.

Ela explicou que o UNA-SE surge para lutar contra injustiças cometidas contra os aposentados e os pensionistas. “Este é um dos movimentos mais importantes do momento. Nos uniu a defesa que queremos fazer das injustiças que cometem contra nós, porque estamos no mesmo barco.”

Margarida Lopes rejeitou o argumento do governo de que o reajuste das aposentadorias do Regime Geral (PL 4434/2008) e o fim da contribuição previdenciária dos aposentados do setor público (PEC 555/2006) onerariam o caixa público. “O governo fala que vai impactar as contas, mas é mentira. A nossa entidade, ANFIP, tem estudos embasados em dados do próprio governo mostrando claramente que a contribuição dos aposentados públicos representa menos de 10% das renúncias fiscais e desonerações para grandes empresários. E o governo não faz o repasse de todo o valor (desonerado), como deveria. Nós estamos financiando os grandes empresários”, lamentou.

A presidente da ANFIP ainda defendeu o uso da força política dos aposentados, inclusive de quem tem mais de 70 anos de idade e pode optar por não ir às urnas: “Temos de fazer valer o nosso voto, fazer valer a nossa vontade, verificar os candidatos que nos defendem e votar nestes.”

Já o presidente do Mosap, Edson Guilherme Haubert, enfatizou a importância da união dos 35 milhões de aposentados das áreas pública e privada. “Quando mais divisão existir, melhor para o governo. É um movimento unificado em defesa dos idosos, aposentados e pensionistas. Estamos todos interessados em aprovar a PEC 555 e o PL 4434. Vamos fazer um movimento integrado para influenciar as decisões no Congresso Nacional”, disse.

O associado da ANFIP e ex-presidente do Sindifisco Nacional Pedro Delarue lembrou a luta para garantir a aprovação da PEC 555 na Comissão Especial e cobrou a votação da matéria no Plenário da Câmara dos Deputados. “Agora estamos no momento em que 450 deputados manifestaram o apoio pedindo a votação e por que não é votado? Porque quem manda no Congresso Nacional não são os deputados e senadores, é o Palácio do Planalto. E Palácio do Planalto e o Partido dos Trabalhadores não querem votar a PEC 555”, constatou.

A PEC 555 e o PL 4434 também receberam apoio do deputado estadual do Rio de Janeiro Paulo Ramos (PDT) e da deputada federal Andreia Zito (PSDB-RJ), que ainda defendeu a PEC 170/2012, de autoria da parlamentar, que garante integralidade para o servidor aposentado por invalidez.

Representantes de diversas entidades se revezaram ao microfone para defender a pauta do UNA-SE. Estiveram presentes, por exemplo, Cobap, Sindifisco Nacional, Sinait, Sinal e Sindilegis. A Frente Rio pela PEC 555, que conta com a ANFIP e a Afiperj entre as quase 50 representações participantes, atuou ativamente para o sucesso do encontro. O ato, que começou pela manhã e durou toda a tarde, foi conduzido pelo representante do Sindjustiça-RJ, José Carlos Arruda.

Também participaram do ato os vice-presidentes da ANFIP Jorge Cezar Costa (Política de Classe), João Laércio Gagliardi Fernandes (Política Salarial), Misma Rosa Suhet (Aposentadorias e Pensões), Leila Signorelli (Comunicação Social) e Maria Aparecida Fernandes Paes Leme (Relações Públicas), além do presidente da Afiperj, Sérgio Wehbe Batista, e representantes da ANFIP-MG.

CRONOGRAMA E PUBLICAÇÃO — Lançado em 5 de agosto em Brasília, o UNA-SE defende a valorização dos aposentados e dos pensionistas a partir, especialmente, da aprovação de duas propostas pelo Congresso Nacional, a PEC 555/2006 e o PL 4434/2008.

Além dos atos realizados em Brasília e no Rio de Janeiro, o UNA-SE tem marcados eventos em Porto Alegre no dia 21, em São Paulo (SP) em 28 de agosto e, fechando a programação inicial, em Natal (RN) no dia 19 de setembro. Confira o jornal publicado pelo movimento, feito para divulgar a defesa dos aposentados e dos pensionistas. (informações da Anfip)

Compartilhe