Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
destaque home

A Reforma será ainda mais dura para futuros servidores

A Reforma da Previdência dificulta a vida de quem já é servidor público, e promete ser ainda mais dura para quem planeja realizar um concurso nos próximos anos.

Dentro de 12 anos – o período de transição entre sistemas estipulado – todos os servidores já estarão dentro das novas regras.

Com isso, precisarão cumprir todos os requisitos de tempo de contribuição, efetivo serviço e a idade mínima – que até lá já estará maior, graças a política de gatilhos.

Ao igualar as idades mínimas entre serviço público e iniciativa privada, a Reforma ignora uma particularidade crucial do funcionalismo: a idade média de ingresso dos servidores é maior.

Graças a essa particularidade, é possível que grande parte dos servidores públicos não alcance todos os requisitos e trabalhe até o fim da vida sem conseguir se aposentar.

O que muda: os futuros servidores terão que trabalhar mais e se aposentar mais tarde.

#NovaPrevidênciaÉNovoRetrocesso

Compartilhe
1
Receba mais notícias por WhatsApp
Powered by