Skip to content

ATO EM DEFESA DA SAÚDE E CONTRA A PRIVATIZAÇÃO SERÁ NO PRÓXIMO DIA 9

O Fórum de Saúde do Rio de Janeiro, do qual o Sindsprev/RJ faz parte, convoca servidores das três esferas e a população para um ato público em 9 de abril, dois dias após o Dia Mundial da Saúde. A manifestação será, entre outros, contra a privatização da saúde que os governos Dilma, Cabral e Eduardo Paes, vêm fazendo através da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, das fundações de direito privado e organizações sociais.

A atividade será, ainda, um protesto contra a falta de um combate efetivo à dengue e as mortes nos hospitais do Rio e de todo o Brasil fatos que têm como responsáveis, os governos federal, estadual e municipal, que sucateiam a saúde para justificar a sua privatização.

O ato será no Buraco do Lume, próximo ao Largo da Carioca, às 15 horas, devendo seguir até a Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro. Exigirá, ainda, concurso público pelo regime jurídico único (RJU), jornada de 30 horas e investimento imediatos nas unidades de saúde federais estaduais e municipais do Sistema Único de Saúde (SUS). Entre as entidades que participam da organização da manifestação estão o Sindsprev/RJ, o Sindicato dos Médicos e a CSP-Conlutas, que participam do Fórum de Saúde do Rio de Janeiro.

O Dia Mundial da Saúde é comemorado em 7 de abril, com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância da saúde nas suas vidas. Foi criado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), em 1948, devido à preocupação de seus integrantes em manter o bom estado de saúde das pessoas em todo o mundo, e também alertar sobre os principais problemas que podem atingir a população mundial e sobre seus direitos. (informações do Sindsprev/RJ)

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Veja Também

Outras Notícias

NOTA DE PESAR

Com enorme tristeza, comunicamos o falecimento de Maria Auxiliadora Rio Doce. Maria trabalhava como escrevente juramentada no 18º oficio de notas. O velório será neste

NOTA DE PESAR

Com enorme tristeza, comunicamos o falecimento da nossa colega Mônica Vasconcellos Santos, que era lotada na comarca de Niterói. O velório e o sepultamento serão