Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

Audiência pública sobre Cedae é encerrada após protesto

Manifestantes ocuparam o auditório em que era realizada a reunião, na Secretaria Estadual de Fazenda. Audiência discutia a antecipação de empréstimo de até R$ 3,5 bilhões ao estado.

Manifestantes contrários à privatização da Companhia de Águas e Esgoto do Rio (Cedae) interromperam uma audiência pública, nesta terça-feira (25), que discutia a antecipação de empréstimo de até R$ 3,5 bilhões ao estado, no caso de a companhia ser vendida.
Por volta das 16h, cerca de uma hora após o início da reunião, alguns funcionários da companhia, que estavam na plateia, ocuparam o palco auditório da Secretaria Estadual de Fazenda, onde era realizada a audiência, e a interromperam com cartazes e gritos de “Cedae unida jamais será vencida”.
Na segunda, o ministro da Secretaria Geral da Previdência, Wellington Moreira Franco, declarou que há duas alternativas mais fortes para a privatização da Cedae: uma operação com bancos privados ou o próprio Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) adquirir a empresa.
“Ou faremos uma operação com bancos privados, sob liderança do BNDES, ou a própria aquisição pelo BNDES da empresa. Isso será aprofundado ao longo da semana”, afirmou o ministro, que disse ainda que outra reunião deve ocorrer na sexta-feira (28).
Uma operação de crédito será realizada para que o dinheiro seja liberado, antes da venda da Cedae, para pagar salários de servidores – o valor a ser quitado, segundo o secretário estadual de Fazenda Gustavo Barbosa, chega a R$ 2,3 bilhões.

FONTE: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/manifestantes-se-concentram-na-presidente-vargas-antes-de-audiencia-publica-sobre-a-venda-da-cedae.ghtml

Compartilhe