Skip to content

Defensoria Pública do Rio suspende atendimento após greve de agentes penitenciários

Em função da greve dos agentes penitenciários do Rio de Janeiro, a Defensoria Pública suspendeu o atendimento jurídico nas prisões do estado. De acordo com o defensor Marlon Barcellos, coordenador do Núcleo do Sistema Penitenciário da Defensoria, o atendimento foi suspenso por precaução.

A Defensoria Pública atua nos presídios para assegurar os diretos individuais dos presos, como pedido de progressão em regime, e direitos coletivos, como acesso à agua e à visitação.

O defensor Marlon Barcellos aguarda resposta do Sindicato dos Servidores do Sistema Penal e também o posicionamento do estado para avaliar as medidas que serão adotadas.

Além da interrupção dos serviços da defensoria, as visitas aos presos também foram suspensas em função da greve. Os agentes penitenciários reivindicam melhores condições de trabalho e o pagamento do salário de dezembro e do 13º. Em nota, o governo do estado divulgou que vai pagar nesta quarta-feira os salários de dezembro dos servidores ativos e inativos da segurança, entre eles os dos agentes penitenciários.

FONTE: http://radioagencianacional.ebc.com.br/geral/audio/2017-01/defensoria-publica-do-rio-suspende-atendimento-apos-greve-de-agentes

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Veja Também

Outras Notícias

NOTA DE PESAR

Com enorme tristeza, comunicamos o falecimento de Maria Auxiliadora Rio Doce. Maria trabalhava como escrevente juramentada no 18º oficio de notas. O velório será neste

NOTA DE PESAR

Com enorme tristeza, comunicamos o falecimento da nossa colega Mônica Vasconcellos Santos, que era lotada na comarca de Niterói. O velório e o sepultamento serão