Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

DESEMPREGO DEVE ALCANÇAR A MAIOR ALTA DOS ÚLTIMOS OITO ANOS

O próximo índice oficial de desemprego no Brasil só será divulgado na próxima sexta-feira (20). Mas, uma consulta realizada pela Bloomberg com sete especialistas aponta que o índice sofrerá o seu maior aumento desde fevereiro de 2002. Em janeiro deste ano, a taxa de desemprego subiu para 7,8%, um ponto superior aos 6,8% de dezembro do ano passado. Para os especialistas, são os sinais da crise se instalando no Brasil.

No país, as empresas fecharam 655 mil vagas de emprego no final de 2008. A maior produtora mundial de minério de ferro, a Vale, demitiu, só em dezembro, 1,3 mil trabalhadores. Neste mesmo período a produção industrial despencou 14,5%, sua maior retração desde 1992, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Já a produção de veículos caiu 54%, em relação a dezembro de 2007, sua maior baixa nos últimos nove anos, de acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

Para o economista Alexandre Lintz, as contratações permanecerão estagnadas e o desemprego alcançará seu pico, de 10,5%, em março de 2010. A taxa de desemprego das seis principais capitais brasileiras não ultrapassa 10% desde maio de 2007. (informações da Radioagência NP)

Compartilhe