Skip to content

EM 2015, SERÃO 208 MILHÕES DE DESEMPREGADOS NO MUNDO

A Organização Internacional do Trabalho (OIT), alerta que, especialmente em função das crises econômicas moldadas pelas políticas neoliberais adotadas pelos países desenvolvidos, levarão o mundo a ter um contingente de 208 milhões de desempregados em 2015.

O cenário é de uma situação desigual, em que economias emergentes e em desenvolvimento, caso do Brasil, mostram uma recuperação muito mais rápida que a de economias avançadas.

A taxa de desemprego mundial está hoje em 5,9%, mas continua a subir. Ao longo de 2012, foram três milhões de desempregados a mais no mundo.

O Brasil é um dos 19 países, entre as 65 nações do levantamento da OIT, em que o nível de ocupação avançou entre o quarto trimestre de 2007 e igual período de 2012. Em um segundo grupo, de 24 países, houve alguma melhora na ocupação, mas ainda insuficiente para atingir os níveis de antes de 2007.

Esta situação é preocupante e sinaliza a necessidade de que a classe trabalhadora, em qualquer lugar do mundo, reaja contra medidas que enxugam os empregos e retiram direitos. Em muitos países da Europa, onde a crise do desemprego está mais aguda, foram adotadas toda as receitas do FMI como redução de salários, extinção e flexibilização de direitos trabalhistas e reversão de aposentadorias. O resultado foi mais miséria, violência.

No Brasil, o Acordo Coletivo Especial (ACE) é uma tentativa de flexibilizar a CLT, no sentido de retirar direitos e fortalecer a precarização do trabalho. Neste sentido, os trabalhadores devem estar atentos e manter a resistência a qualquer tentativa de retirar direitos conquistados com muita luta. (informações do Diap)

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Veja Também

Outras Notícias

NOTA DE PESAR

Com enorme tristeza, comunicamos o falecimento de Maria Auxiliadora Rio Doce. Maria trabalhava como escrevente juramentada no 18º oficio de notas. O velório será neste

NOTA DE PESAR

Com enorme tristeza, comunicamos o falecimento da nossa colega Mônica Vasconcellos Santos, que era lotada na comarca de Niterói. O velório e o sepultamento serão