Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

Judiciário Federal

COMANDO DE GREVE VAI AO STF, MAS MENDES ADIA REUNIÃO QUE TERIA COM DIRETORES

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes, ainda não se reuniu com os diretores gerais e de Recursos Humanos para analisar as propostas de alteração no anteprojeto de lei da revisão salarial. Com isso, não aconteceu a reunião que estava prevista para a manhã de ontem (1º/12) entre o diretor de RH, Amarildo Vieira de Oliveira, e o Comando Nacional de Greve. As alterações a serem analisadas são as que foram sugeridas por uma comissão do Conselho Nacional de Justiça e que desagradaram os servidores.

Na tarde da segunda-feira, 30, os servidores obtiveram em Brasília a informação de que os diretores do STF deveriam se encontrar, à noite, com Gilmar Mendes para tratar do assunto. Não foram dadas explicações para o fato dessa reunião não ter acontecido. Os representantes do Comando de Greve foram informados nos Recursos Humanos que essa reunião poderia ocorrer na noite desta terça-feira, dia 1º de dezembro. Mas isso também não estava confirmado.

O ministro Gilmar Mendes foi recebido, na manhã desta terça, por servidores em greve de Maceió (AL). O presidente do STF visita a capital alagoana para participar de uma solenidade. Mendes tem sido recepcionado por grevistas por onde passa. Na sexta, servidores de São Paulo realizaram um ‘apitaço’. (informações do Luta Fenajufe)

Compartilhe