Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

Pessoal, mensagem enviada de uma colega da Vara de Itaboraí.

“Auxilio Transporte para os REMOVIDOS”

Oi Wilson Dufles,

Li no site do sindicato que você está elaborando um projeto para criar um auxílio deslocamento, e gostaria de externar meus sentimentos e o gasto que tenho, por baixo, ao mês.

Moro em Niterói e fui removida ex-oficio para Itaboraí, cerca de 45 KM de distância da minha residência.

Os removidos, ex-ofício, para trabalhar em terras distantes de sua residência/domicílio, diga-se de passagem, tiveram uma PERDA REAL nos seus SALÁRIOS. Eu, particularmente, que tinha gasto zero de transporte por poder ir trabalhar a pé, hoje gasto cerca de R$220,00 (DUZENTOS E DEZ REAIS) por baixo. Nenhum auxílio recebi. Gostaria de saber por que devo receber menos que outros colegas que nada gastam para ir ao trabalho? Não penso que meus colegas tenham que perder o mesmo que perdi por conta de ter que bancar o equivalente a 4 passagens por dia para ir ao trabalho… claro que não quero isto. Mas seria muito justo que “OS REMOVIDOS”, os que não escolheram seus atuais endereços de trabalho (tão distantes de suas residências, que por vezes passam de 45 Km de distância… cerca de 2 horas por dia, perdidas nas BRs perigosas e congestionadas, à disposição do trabalho) recebecem pelo menos uma auxílio para aliviar esta dor, que tb se estendeu ao bolso.
Que lástima… nunca pensei que pudéssemos passar por coisa parecida. É triste.
Espero que vc consiga este intento. Isto ira nos proporcionar, no minimo, mais dignidade funcional.

Compartilhe