Skip to content

PROFESSOR DA UERJ DECIDE POR PARALISAÇÃO NO DIA 21

Os professores da Universidade Estadual do Rio (Uerj) decidem no próximo dia 21 se entram em greve, conforme indicativo aprovado pela diretoria da associação que representa a categoria. A data de início da paralisação também será definida durante o encontro.

Em manifesta público, os docentes afirmam ser contra medidas propostas pela reitoria, que na avaliação da associação, “limitam as atividades de pesquisa e extensão, com professores restritos a atividade de sala de aula”. Além disso, os professores afirmam que as medidas “revelam a decisão de não fazer todos os concursos necessários para solucionar o déficit estrutural da Uerj”.

Entre as propostas mais criticadas está a discriminação entre os professores assistentes e auxiliares, uma vez que os assistentes — com carga semanal de 40 horas — poderão ter, no máximo, 10 horas de pesquisa, enquanto os auxiliares não poderão ter nenhuma. Também foi proposta pela reitoria a redução para, no máximo, 8 horas da carga de pesquisa para os professores adjuntos, associados e titulares com 20 ou 30 horas.

Pela proposta, as orientações de monografia de graduação, de bolsas de iniciação à docência, estágio interno complementar e extensão não valerão mais pontos para o Banco de Produção Científica (BPC), o que também é criticado pelos professores.

Em documento, a diretoria da Associação de Docentes da Uerj (Adsuerj) informou que insistirá também na derrubada do veto do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) à emenda que destina 6% do orçamento para as universidades públicas estaduais, de autoria da Comissão de Educação da Alerj à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). (informações do jornal O Dia)

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Veja Também

Outras Notícias

NOTA DE PESAR

Com enorme tristeza, comunicamos o falecimento de Maria Auxiliadora Rio Doce. Maria trabalhava como escrevente juramentada no 18º oficio de notas. O velório será neste

NOTA DE PESAR

Com enorme tristeza, comunicamos o falecimento da nossa colega Mônica Vasconcellos Santos, que era lotada na comarca de Niterói. O velório e o sepultamento serão