Skip to content

REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DO RIO DECIDE FAZER NOVA PARALISAÇÃO NO DIA 16 DE SETEMBRO

Os profissionais das escolas municipais do Rio de Janeiro pararam nesta quinta-feira, dia 26 de agosto, para protestar contra a reforma da Previdência contida no Projeto de Lei nº 41/2010, de autoria do prefeito Eduardo Paes, que retira diversos direitos dos servidores. O Sepe estima que 60% das escolas paralisaram as atividades e que mais de 500 profissionais marcaram sua presença no ato.

A categoria também realizou no início da tarde um ato público em frente à Câmara de Vereadores, na Cinelândia, com a presença de centenas de servidores. Juntamente com o ato, representantes da categoria percorreram os gabinetes dos vereadores e entregaram para estes um documento exigindo que o PL não seja aprovado.

Depois do ato, a categoria realizou uma assembleia geral na ABI, que decidiu que a educação municipal fará uma nova paralisação de 24 horas no dia 16 de setembro, em conjunto com os profissionais das escolas estaduais. Também foi aprovada a participação na Marcha Em Defesa da Educação Pública e de Qualidade, que sairá da Candelária às 11h, além de nova assembleia às 15h. (com informações do Sepe-RJ)

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Veja Também

Outras Notícias

NOTA DE PESAR

Com enorme tristeza, comunicamos o falecimento do colega Manoel Virginio Silvestre, ocorrido no dia 04/06/2024. Manoel era Analista Judiciário e cumpriu sua carreira nas Comarcas