Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

RJ: em meio a tensão, deputados miram desconto em salários nesta quinta

Manifestantes e agentes de segurança entraram em confronto na Alerj nesta quarta

Os deputados estaduais do Rio de Janeiro discutirão nesta quinta-feira (17) projeto de lei, de autoria do governo do Estado, que aumenta a contribuição previdenciária de servidores, aposentados e pensionistas de 11% para 14%. A proposta, que entra na ordem do dia da Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro), enfrenta forte resistência dos funcionários públicos porque aumenta o desconto sobre seus salários.
O projeto, que propõe mudanças na lei que criou o Rioprevidência, também inclui o aumento da contribuição patronal de 22% para 28%. Os parlamentares, que poderão fazer emendas às propostas do governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, discutirão ainda a extinção da Ceperj (Fundação Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores). O Executivo calcula que essa medida trará economia de R$ 3,2 milhões.

O primeiro dia de discussão do pacote de austeridade foi marcado por críticas às medidas e à falta de diálogo do governador com os deputados.
Antes do debate, servidores fizeram um protesto em frente ao Palácio Tiradentes e chegaram a derrubar grades de proteção instaladas no entorno do prédio (veja vídeo abaixo). A polícia reagiu com bombas, spray de pimenta e tiros de borracha.
Lideranças do Muspe (Movimento Unificado dos Servidores Públicos Estaduais do RJ) irão se reunir nesta quinta para definir próximos passos das manifestações. De acordo com representantes do movimento, eles irão avaliar os protestos desta quarta na Alerj e deliberar o próximo ato.

FONTE: http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/rj-em-meio-a-tensao-deputados-miram-desconto-em-salarios-nesta-quinta-17112016

Compartilhe