Skip to content

SAÚDE VAI UNIFICAR LUTA CONTRA PRIVATIZAÇÃO E PONTO ELETRÔNICO

O Sindsprev-RJ convoca os profissionais da saúde federal, estadual e municipal do Rio para uma assembleia na próxima quinta-feira, dia 10 de janeiro, às 17 horas, no auditório do Sindicato (Rua Joaquim Silva, 98-A, Lapa). O objetivo é aprovar um plano unificado de lutas pelas 30 horas, em defesa do duplo-vínculo, contra o desmonte, a privatização da saúde e o ponto eletrônico. A mobilização será ainda pela anulação do PLS 710, o chamado pacote antigreve que está no Senado, e pela revogação da reforma da previdência.

A assembleia discutirá, ainda, questões específicas como a luta pela implantação da nova carreira que equipara os salários da saúde federal aos do INSS. A carreira foi negociada entre o movimento sindical e o Ministério da Saúde e enviada pelo MS ao Ministério do Planejamento em março de 2012. Porém, até agora não houve resposta.

Para organizar a assembleia estará reunido, no próximo dia 8, o Grupo de Trabalho (GT) dos Servidores da Saúde do Sindsprev. Será às 17 horas, na sede do Sindicato. Assembleias para tratar de questões como ponto eletrônico, duplo-vínculo e privatização vão acontecer, no mesmo dia 8, no Hospital Federais dos Servidores (HFSE), às 10 horas; e no do Andaraí, às 14 horas.

Na assembleia do dia 10 vão ser apresentados informes sobre a Campanha Salarial Unificada dos Servidores Federais 2013, cujo lançamento ocorrerá no próximo dia 20, às 9 horas, no auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados, em Brasília. No dia 22 de janeiro as entidades sindicais que representam os federais entregarão ao governo Dilma a pauta de reivindicações da categoria. (informações do Sindsprev-RJ)

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Veja Também

Outras Notícias

NOTA DE PESAR

Com enorme tristeza, comunicamos o falecimento de Maria Auxiliadora Rio Doce. Maria trabalhava como escrevente juramentada no 18º oficio de notas. O velório será neste

NOTA DE PESAR

Com enorme tristeza, comunicamos o falecimento da nossa colega Mônica Vasconcellos Santos, que era lotada na comarca de Niterói. O velório e o sepultamento serão