Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

Servidores protestam contra salários atrasados na frente do Palácio Guanabara

Grupo chegou a atear fogo em objeto que simulava o caixão do governador Luiz Fernando Pezão. Ato terminou com tumulto entre PMs e manifestantes.

O Movimento Unificado dos Servidores Públicos Estaduais (Muspe) realizava um protesto na tarde desta terça-feira (7) na frente do Palácio Guanabara, em Laranjeiras, Zona Sul do Rio, para exigir o pagamento dos salários atrasados, além do 13º salário.
O ato começou por volta das 13h e permaneceu pacífico na maior parte do tempo. Por volta das 16h houve uma confusão, segundo a GloboNews que começou depois que uma manifestante tentou romper o cordão de isolamento. A Polícia Militar chegou a atirar bombas de efeito moral e spray de pimenta contra os manifestantes, mas não houve registro de feridos.
Logo após a confusão, a Rua Pinheiro Machado teve o sentido Centro completamente liberado, mas o sentido Botafogo permanecia parciamente interditado. Por volta das 16h30 todos os acessos para a Rua Pinheiro Machado e para o Túnel Santa Bárbara foram liberados.
Durante cerca de 4 horas, a CET-Rio precisou manter interditados todos os acessos à Rua Pinheiro Machado, onde os manifestantes se concentraram. De acordo com o Centro de Operações do Rio (COR), as rotas alternativas para quem se desloca entre o Centro e a Zona Sul é o Aterro do Flamengo ou o Túnel Rebouças que permaneciam com trânsito normal por volta das 15h.
Além de cobrar os salários, os manifestantes reforçam o apoio aos aposentados, pensionistas e todos os servidores que estão sem receber. Por volta das 14h um grupo chegou a queimar um simulacro do que seria o caixão do governador do RJ Luiz Fernando Pezão.

FONTE: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/servidores-protestam-contra-salarios-atrasados-na-frende-do-palacio-guanabara.ghtml

Compartilhe