Skip to content

Sindjustiça-RJ abre consulta sobre depósito da primeira parcela do 13º

O Governo do Estado do Rio de Janeiro publicou, no Diário Oficial da segunda-feira (27), um decreto que prevê a antecipação da primeira parcela do 13º salário dos servidores do Executivo para o mês de seus respectivos aniversários.

A divulgação do decreto gerou uma série de dúvidas entre os serventuários, que entraram em contato com o Sindjustiça-RJ perguntando se a regra se aplica aos servidores do Poder Judiciário.

O sindicato esclarece que o decreto não atinge os serventuários, tendo validade somente para os funcionários públicos do Poder Executivo. No Judiciário, a dinâmica vigente hoje em dia prevê o depósito da primeira parcela do 13º salário em julho e a segunda em dezembro.

O sindicato, no entanto, tomou conhecimento de uma requerimento enviado ao Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) pela Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro (Amaerj) solicitando que o depósito da primeira parcela dos serventuários seja feita de forma similar à dos servidores do Executivo, na data do aniversário.

Em resposta, a diretoria do Sindjustiça-RJ oficiou o presidente do TJRJ, Claudio de Mello Tavares, ressaltando, em primeiro lugar, que uma solicitação dessa natureza não cabe à Amaerj, já que ela não é a entidade representativa dos serventuários.

O documento também aponta que qualquer mudança nesse sentido precisa ser feita com amplo debate entre os mais interessados – os serventuários – e por meio da entidade que os representa – o Sindjustiça-RJ.

“Nossa preocupação é que o adiantamento do 13º salário conforme o mês de aniversário beneficia apenas àqueles que comemoram no início do ano. Já quem faz aniversário no segundo semestre ou mais para o final do ano, acaba sendo prejudicado. Por isso que a forma como o pagamento é feito atualmente – com a primeira parcela em julho e a segunda parcela em dezembro – acaba sendo mais justo, além de nunca ter sido um problema para a nossa categoria”, pondera o diretor-geral do Sindjustiça-RJ, Aurélio Lorenz.

Nesse sentido, a diretoria organizou uma consulta com os serventuários para identificar como a categoria prefere receber a primeira parcela do 13º salário.

Os servidores têm até o dia 07/02/2020 para participar e o resultado da votação será analisado pelo Conselho de Delegados Sindicais no dia 08/02/2020.

[poll id=”4″]

Fonte: Sindjustiça-RJ

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Veja Também

Outras Notícias

NOTA DE PESAR

Comunicamos, com enorme tristeza, o falecimento da colega Priscilla Braga, ocorrido na manhã desta quinta, por complicações da Covid. Priscila estava lotada no Fórum da

VENDA DA LICENÇA TERMINA HOJE, 21

Termina hoje, 21 de maio, o prazo para venda da licença-prêmio! Por favor, compartilhem a informação e avisem aos colegas da serventia que estejam de

X