Skip to content

SIRO DARLAN GANHA APOIO DA AMAERJ CONTRA MP DO RIO

Em pé de guerra com o Ministério Público Estadual e o Tribunal de Justiça (TJ) do Rio, o desembargador Siro Darlan ganhou o apoio da a Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro (Amaerj). O pomo da discórida é porque Darlan rotulou o MP de “inútil”. A declaração resultou na abertura de Processo Administrativo Disciplinar a pedido da presidenta Leila Mariano, do TJ, na Corregedoria da Justiça, e uma Reclamação Disciplinar protocolada pelo Procurador-Geral de Justiça, Marfan Martins Vieira, no Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Em defesa do desembargador, a Amaerj promoverá na próxima segunda-feira (01/9), às 11h, no auditório de sua sede na Rua Dom Manuel, 29 – Sala 104, Centro, ato em favor do magistrado. A entidade alega que a independência judicial é garantida aos juízes, incluindo, “a liberdade de manifestação do pensamento”.

A declaração contra o Ministério Público foi dada em meio à decisão de Siro Darlan de libertar 23 ativistas acusados de participar de manifestações violentas por considerar as prisões ilegais. Dois não foram beneficiados por que respondem pela morte do cinegrafista da TV Bandeirantes, Santiago Andrade. A manutenção da liberdade dos manifestantes foi chancelada pela 7ª Câmara Criminal, com o apoio do procurador Francisco Eduardo Nabuco, do Ministério Público. (informações do blog Justiça & Cidadania do jornal O Dia)

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Veja Também

Outras Notícias

NOTA DE PESAR

Com enorme tristeza, comunicamos o falecimento de Maria Auxiliadora Rio Doce. Maria trabalhava como escrevente juramentada no 18º oficio de notas. O velório será neste

NOTA DE PESAR

Com enorme tristeza, comunicamos o falecimento da nossa colega Mônica Vasconcellos Santos, que era lotada na comarca de Niterói. O velório e o sepultamento serão