Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

Temer se reúne com governadores para discutir crise nos estados

Participam do encontro Pezão, Colombo, Rollemberg, Jatene e Dias. No último dia 22, governo federal e estados anunciaram ‘pacto’, mas Nordeste discordou.

O presidente da República, Michel Temer, se reune na manhã desta quinta-feira (1º), no Palácio do Planalto, com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, a secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescovi, e cinco governadores para discutir a crise financeira dos estados.

Participaram do encontro os governadores Luiz Fernando Pezão (RJ), Raimundo Colombo (SC), Rodrigo Rollemberg (DF), Simão Jatene (PA) e Wellington Dias (PI).

O rombo nas finanças tem afetado a maioria dos estados. Alguns deles estão sem dinheiro até para pagar a folha do funcionalismo. Os casos mais críticos são os do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul.

Dos 27 estados brasileiros, quatro tiveram recuo no Produto Interno Bruto (PIB) em 2014 na comparação com 2013, de acordo com a pesquisa Contas Regionais 2014 divulgada no início desta semana pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Pacto nacional

No último dia 22, o governo federal e estados anunciaram um “pacto nacional” pelo equilíbrio das contas públicas. O anúncio foi feito após reunião no Palácio do Planalto, em Brasília, que também contou com a participação do presidente Michel Temer, ministros da área econômica e governadores e que foi marcada para discutir a crise financeira nos estados.

Segundo o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, pelo pacto o governo federal aceita dar aos estados uma fatia maior dos recursos arrecadados com a chamada “repatriação”. Em contrapartida, os governadores se comprometem a fazer um forte ajuste em suas contas, semelhante ao proposto pelo próprio governo Temer, incluindo aumento da contribuição previdenciária paga por servidores públicos.

Entretanto, o secretário de Fazenda do Rio Grande do Norte, André Horta, disse nesta segunda (28), após reunião no Ministério da Fazenda, que os estados do Nordeste não concordam com algumas imposições do “pacto” pelo equilíbrio fiscal.

Reuniões com a Fazenda

O Ministério da Fazenda informou que representantes da pasta se reuniram com secretários estaduais de Fazenda para “detalhar o conjunto das medidas de ajuste fiscal que constarão do pacto nacional pelo equilíbrio das contas públicas, cujas linhas gerais foram apresentadas em reunião com o presidente da República e o ministro da Fazenda na última semana”.

O ministério informou ainda que o “resultado dessas negociações será submetido pelos secretários de Fazenda aos respectivos governadores para posterior discussão com o ministro da Fazenda”.

FONTE: http://g1.globo.com/economia/noticia/temer-se-reune-com-governadores-para-discutir-crise-nos-estados.ghtml

Compartilhe