Skip to content

TJ ABRE PROCEDIMENTO PARA AVALIAR ENTREVISTA DO DESEMBARGADOR SIRO DARLAN

A Corregedoria do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) instaurou um procedimento administrativo para apurar a conduta do desembargador Siro Darlan. Segundo a assessoria de imprensa do TJRJ, o processo foi aberto devido a declarações do magistrado sobre o tribunal e o Ministério Público (MP) do Rio de Janeiro.

Ainda de acordo com a assessoria, Darlan já foi intimado e responderá no processo. Em entrevista à BBC, no dia 28 de julho, Darlan disse que “o Ministério Público é uma inutilidade”, que o órgão “é muito eficiente quando lhe interessa” e que o “MP é eficiente na repressão do povo pobre”.

Darlan é um dos integrantes da 7ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, que na última terça-feira (12/8) decidiu que 21 dos 23 acusados de atos violentos em protestos no Rio responderão em liberdade. O desembargador também foi o responsável pelos habeas corpus que libertaram cinco desses acusados, que ficaram 12 dias presos em julho deste ano.

A assessoria de imprensa do TJ informou que não poderia fornecer detalhes sobre o procedimento porque é sigiloso. (informações da Agência Brasil)

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Veja Também

Outras Notícias

NOTA DE PESAR

Com enorme tristeza, comunicamos o falecimento de Maria Auxiliadora Rio Doce. Maria trabalhava como escrevente juramentada no 18º oficio de notas. O velório será neste