Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

CABRAL E ALERJ DEIXAM SAÚDE SEM REAJUSTE PARA PREPARAR A PRIVATIZAÇÃO

Em votação na última quinta-feira, a Assembléia Legislativa (Alerj) aprovou, por 57 votos a 13, na íntegra o projeto do governador Sérgio Cabral Filho impondo 8% de reajuste para determinados setores do funcionalismo estadual (Educação, Desipe, Polícia Militar e Bombeiros, Polícia Civil e professores da Faetec).

Além de ignorar completamente a reivindicação salarial dos servidores — reajuste de 66% — e de sequer ter recebido os sindicatos para uma negociação, Cabral e a Alerj deixaram sem qualquer reajuste os funcionários da Saúde, Fazenda e Uerj. Aguarda-se ainda a votação do reajuste dos serventuários da Justiça.

Na avaliação do diretor do Sindsprev-RJ, Júlio Tavares, a discriminação da Saúde deixa claro o projeto de privatização dos hospitais do estado e de extinção dos serviços público na área, ao negar qualquer possibilidade de reajuste e plano de carreira, cargos e salários, ou mesmo de abertura de negociação. (com informações do Sindsprev-RJ)

Compartilhe