Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

Deu no jornal (1)

NOVOS AUMENTOS NA RETA FINAL

Parte de algumas carreiras do funcionalismo estadual está conseguindo obter algumas vitórias nos instantes finais que a Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) vota os projetos de lei que reajustam os salários de servidores. O líder do governo na Casa, deputado Paulo Melo (PMDB), informou que o governador Sérgio Cabral vai reajustar para R$ 4 mil, o piso, e para R$ 7 mil, o teto, dos engenheiros do estado que atuam no Instituto Estadual do Ambiente, Departamento de Estradas e Rodagem do Rio e Instituto Estadual de Engenharia e Arquitetura.

O deputado também afirmou que pessoal da Faetec (Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio) vai receber aumento. Ficou ainda decido que a PPE (Prestação Pecuniária Eventual) será estendida aos servidores administrativos da Secretaria de Fazenda, os chamados fazendários. Outra intenção do Legislativo é incluir aumentos para os servidores das Fundações para a Infância e Adolescência e Leão XIII.

A Alerj vota hoje pelo menos 10 projetos de lei com propostas de reajustes. O Colégio de Líderes da Casa vai se reunir às 14h30, para discutir emendas e definir os rumos do processo de votação. Se for preciso, a Casa terá sessões no sábado e domingo. Os textos que forem aprovados hoje seguirão para sanção de Sérgio Cabral. Ontem (23), o reajuste dos delegados recebeu 13 emendas e saiu de pauta.

5% DE REAJUSTE — Os novos salários dos servidores do Judiciário do Rio deverão ser pagos em agosto, no contracheque de julho. Somente um acordo poderia fazer com que os retroativos saíssem em folha suplementar. (Coluna do Servidor de O Dia, 24/06/10)

Compartilhe