Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

Deu no jornal!

ESTADO INDENIZA PAIS DE MENINO MORTO EM CIEP

Numa iniciativa inédita, o governador Sérgio Cabral publicou um decreto ontem (25) no Diário Oficial concedendo verba de reparação por danos morais e materiais, além de um ano de pensão, aos pais do menino Wesley Guilber Rodrigues de Andrade, de 11 anos, morto no dia 16 de julho por uma bala perdida, dentro de um Ciep em Costa Barros.

Segundo a assessoria da Casa Civil, é a primeira vez que será paga no estado uma indenização em caso de morte por bala perdida independentemente de uma ordem judicial. O governo não vai divulgar quanto os pais de Wesley receberão, alegando “tratar-se de assunto de foro íntimo da família”.

O decreto foi publicado dois dias após o Instituto de Criminalística Carlos Éboli ter divulgado que o projétil retirado do corpo de Wesley não partiu de nenhum dos 44 fuzis entregues por PMs que, no momento em que o menino foi morto, participavam de uma operação na região.

Também ontem, foi publicada uma decisão da 2° Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, condenando o estado a pagar uma indenização de R$ 50 mil por danos morais ao pai de uma criança de 11 anos vítima de bala perdida. A filha do autor da ação morreu em dezembro de 2007, atingida por um tiro durante um confronto entre PMs e traficantes no Morro dos Telégrafos, vizinho à Mangueira. (O Globo, 26/08/10)

Compartilhe