Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

Deu no jornal!

SERVIDORES ESTADUAIS FAZEM MANIFESTO POR REPARAÇÃO SALARIAL

Serventuários da Justiça do Estado do Rio de Janeiro ameaçam entrar em greve caso o Governo do Estado não cumpra a decisão da juíza da 3ª Vara de Fazenda Pública que determina o pagamento de 24% de reajuste salarial provenientes de uma ação que já dura 22 anos. Ontem (26) à tarde o Sindicato do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro (Sind-Justiça) promoveu um movimento descentralizado em várias comarcas do Estado para cobrar agilidade no pagamento da diferença salarial que os servidores reivindicam.

Em Angra dos Reis, os manifestantes se reuniram na porta do Fórum e seguiram em caminhada pelo Centro da cidade. A coordenação do movimento informou que o ato aconteceu também nas cidades de Nova Iguaçu, São João de Meriti, Belford Roxo, Caxias e Rio de Janeiro.

“Procuramos informar e tornar pública nossa luta, não estamos pedindo aumento salarial, e sim um direito adquirido em uma ação que vem se arrastando desde 1987. A ação já transitou em julgado e ainda não foi cumprida”, diz Indalício Sousa, diretor de Organização Social do sindicato

Segundo a direção do sindicato, o Estado foi intimado e o prazo do governo vence dia 5 de setembro. Os serventuários querem que o Poder Judiciário faça a implementação de metas de forma a acelerar o processo de cobrança sobre o Governo do Estado.

O sindicato informou que vai aguardar o prazo final para pagamento do Estado e uma assembleia geral no dia 15 para avaliação irá determinar ou não o cumprimento de uma paralisação por tempo indeterminado. O impasse começou em 1987, quando o então governador Moreira Franco concedeu reparação salarial aos servidores estaduais, exceto para os serventuários da Justiça. (A Voz da Cidade, 27/08/10)

Compartilhe