Skip to content

EDITAL DO CONCURSO DO TJ É ESPERADO PARA O FIM DO MÊS

Um dos concursos mais esperados do estado sairá até o fim do mês. Assim avaliam especialistas do setor sobre o edital do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), que pode ser publicado a qualquer momento. Como a validade da última seleção pública termina no próximo dia 18, para o cargo de técnico, e 6 de junho, para o de analista, a expectativa para o lançamento do certame é grande.

Diretor da Academia do Concurso, Paulo Estrella diz que neste momento a única referência que o candidato possui é o edital de 2012, organizado pela Fundação Carlos Chagas (FCC). “Como o último concurso é bastante recente, a probabilidade de muitas mudanças é bem reduzida, o que favorece quem estuda com antecedência”, orienta Estrella.

Arenildo Santos, professor do site Questões de Concursos, diz que, como não está confirmado que a FCC será a banca do próximo concurso do TJ, é recomendável estudar aquilo que é certo cair, como Língua Portuguesa, Gramática, Interpretação de Texto e Direito Administrativo. “Se o candidato conseguir uma boa base nessas disciplinas, poderá, com segurança, dedicar-se às demais depois de divulgado o edital”, orienta o professor do site.

Advogado especializado em concursos, Sérgio Camargo destaca a importância de se estudar Direito Administrativo para a prova do TJ. “A matéria de Direito Público, ainda que não tenha maior peso, tem previsão de cair na maioria das seleções. A disciplina envolve conteúdos sobre agentes públicos, ato administrativo e processo administrativo, por exemplo”, informa.

Também professor de Direito Administrativo, Camargo diz ser fundamental acompanhar a jurisprudência do respectivo tribunal, do Superior Tribunal de Justiça e do Supremo Tribunal Federal. “Em regra, é uma forma útil de manter-se atualizado com o que há de mais recente no meio jurídico”, aconselha.

O fisioterapeuta Ricardo Giordano, de 30 anos, aluno do site Questões de Concursos, está estudando para concorrer ao cargo de Nível Médio. “Estou me dedicando a fazer questões das últimas provas todos os dias. Faço um curso de Língua Portuguesa, pois sei que é o diferencial deste concurso”, afirma Giordano.

PORTUGUÊS E INFORMÁTICA — Márcio Coelho, professor de Português da Academia do Concurso, acredita que a organizadora da prova será a FCC. “Uma banca que costuma dividir a disciplina em várias etapas. A primeira parte é de interpretação de texto, que a banca costuma trabalhar com bastante compreensão e leitura. A segunda é de fatos gramaticais, em que a FCC costuma cobrar concordância verbal e nominal, regência nominal e verbal, crase, acentuação e ortografia”, informa Coelho.

Professor de informática da Academia do Concurso, Frank Mattos afirma que a prova de sua disciplina pela FCC normalmente tem enunciado confuso e que a banca costuma dar questões com ‘pegadinhas’. “Tente fazer a prova por eliminação, pois algumas vezes não se encontra de primeira a opção a ser marcada”, aconselha. “Vale estudar as diferenças de cada menu e as guias, pois a FCC não pede botões dos programas”, acrescenta. (informações de O Dia)

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Veja Também

Outras Notícias

NOTA DE PESAR

Com enorme tristeza, comunicamos o falecimento de Maria Auxiliadora Rio Doce. Maria trabalhava como escrevente juramentada no 18º oficio de notas. O velório será neste

NOTA DE PESAR

Com enorme tristeza, comunicamos o falecimento da nossa colega Mônica Vasconcellos Santos, que era lotada na comarca de Niterói. O velório e o sepultamento serão