Skip to content

ESTADO VAI ABONAR CÓDIGOS DE GREVE DA EDUCAÇÃO DE 2007 A 2014

O governo estadual vai conceder abono funcional a todos os servidores da Secretaria de Educação que receberam código 61 (falta por greve) nas paralisações de 2007 a 2014. A promessa foi feita ontem pelo governador Luiz Fernando Pezão em reunião com a coordenação do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe) no Palácio Guanabara. Um decreto será publicado no próximo mês transformando os códigos 61 em 161 (falta abonada por greve) aplicados em 2014. Em agosto, outro vai abonar os dias parados entre 2007 e 2013.

A partir do abono funcional, os servidores da Educação não terão mais problemas relacionados à concessão de licença-prêmio, mudança de nível na carreira e perdas de triênios. Além de pendências na contagem de tempo de serviço. Para Elson Simões de Paiva, do Sepe, houve importantes avanços na reunião de ontem, mas é necessário ver todas as promessas serem cumpridas.

Pezão também afirmou que vai dar 9% de aumento para os animadores culturais, o mesmo índice de reajuste recebido pelos servidores da Educação em 2014. O governador disse que vai consultar a área jurídica para saber a partir de quando pode pagar os retroativos. Dentro de 20 dias o estado vai apresentar uma resposta.

Sobre os postos de perícia médica que ficaram reduzidos a poucas unidades em todo o estado, Pezão se comprometeu em dar uma posição em duas semanas. O governo também ficou de consultar a Procuradoria Geral do Estado e o Tribunal de Justiça do Rio sobre os mecanismos legais de pagamento dos R$ 279 milhões da gratificação Nova Escola para inativos. Ele reafirmou ontem que vai falar em reajuste salarial para a Educação em 2015 somente a partir de agosto. Nova reunião está agendada para o próximo dia 23. (informações da Coluna do Servidor de O Dia)

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Veja Também

Outras Notícias

NOTA DE PESAR

Com pesar, comunicamos o falecimento de mais um colega da Comarca de Sumidouro, vítima da Covid. Pedro Álvaro Gomes de Oliveira era Técnico de Atividade

NOTA DE PESAR

Infelizmente, comunicamos o falecimento de mais uma colega, Davila Daudt Veras de Araujo, que partiu prematuramente, aos 33 anos, como mais uma vítima da Covid.

X