Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

Greve no Judiciário

TJ-RJ NÃO VAI PEDIR REAJUSTE AOS SERVIDORES

O presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, desembargador Luiz Zveiter, disse que não tem como intervir junto ao governador do estado, Sérgio Cabral Filho, para que estenda o reajuste de 24% que um grupo de funcionários conseguiu em ação judicial. O sindicato da categoria Sind-Justiça decidiu deflagrar a greve nesta terça-feira (19/10).

O desembargador explicou que um grupo de servidores conseguiu o reajuste por decisão judicial, mas que a ação proposta do sindicato para que fosse estendido a todos não teve êxito.

“Esperava eu o término do segundo turno das eleições para iniciar as negociações, fato que era de total conhecimento do Sind-Justiça, quando fui surpreendido com o teor da missiva distribuída aos servidores e, mais ainda, a tentativa de deflagração de uma greve”, disse, em comunicado divulgado na página principal do tribunal.

Já o sindicato afirma que, como ação foi da categoria, por questão de isonomia, o aumento deve ser estendido a todos. Para o grupo de 1.200, diz o sindicato, esse valor já deveria ter sido pago, uma vez que a ação foi proposta há mais de 20 anos e já há determinação nesse sentido. (Consultor Jurídico)

Compartilhe