Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

Judiciário Federal

CAMPANHA PELO PCS TERÁ ATO NACIONAL NO STF NESTA QUARTA E MAIS ADESÕES À GREVE

O movimento nacional dos servidores do e do MPU contra o congelamento salarial terá uma semana de protesto em Brasília, manifestações em pelo menos 16 estados e perspectiva de audiência com o presidente do Supremo Tribunal Federal, Cezar Peluso.

A greve iniciada no dia 17 envolvendo sete estados deverá ganhar esta semana as adesões do Maranhão, no dia 23, e do Rio de Janeiro, Pará e Amapá no dia 25. Também haverá paralisações em Minas Gerais e no Piauí. É possível que mais setores da categoria entrem na greve por tempo indeterminado ao longo da semana.

Até o momento segue confirmada a audiência do presidente do STF, Cezar Peluso, com representantes da federação nacional (Fenajufe), na quinta-feira (25). Na véspera, dia 24, haverá um ato público pela aprovação da revisão do plano de cargos em frente ao STF, a partir das 15 horas.

A direção do STF ainda não informou se já está marcada a reunião de Peluso com o presidente Lula. Segundo informou a dirigentes da Fenajufe o diretor-geral do STF Alcides Diniz, a audiência já teria sido solicitada. Os servidores querem que o presidente do Supremo cobre de Lula o acordo que teria sido firmado entre eles, segundo o qual após as eleições as negociações em torno da aprovação do PL 6613/2009, que revisa o PCS, seriam retomadas.

Passados 23 dias do segundo turno, não houve qualquer pronunciamento por parte do governo neste sentido. Ao contrário, a primeira semana após a eleição foi marcada por uma enxurrada de declarações do ministro do Planejamento e de outros setores do governo contrárias ao projeto de lei. (informações do Luta Fenajufe Notícias)

Compartilhe