Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

Mesmo com empréstimo, Estado não garante pagar salários em dia até o fim de 2017

O governo do Rio já reconhece a possibilidade de encerrar 2017 sem colocar os salários dos seus servidores em dia. Nesta quinta-feira, em audiência feita pela Comissão de Tributação da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), o assessor da secretaria de Estado de Fazenda e Planejamento (Sefaz), Fábio Rodrigo Assunção, admitiu que o valor previsto com o empréstimo que terá como garantia as ações da Cedae poderá não ser o suficiente para colocar as contas em dia.
Assunção reforçou que o empréstimo de R$ 2,9 bilhões vai solucionar o atraso atual da folha, caso do 13º salário pendente de 2016, vencimentos mensais e gratificações atrasadas. Ele reconheceu, porém, que as demais folhas até o fim do ano (outubro e novembro) correm risco.
— Temos observado uma melhora na receita. A previsão do Governo do Estado é quitar os salários e não ter mais atrasos. Mas não temos como confirmar se vamos finalizar 2017 com os vencimentos quitados — afirmou.
O novo panorama, ainda segundo Assunção, se dá pela redução do valor do empréstimo. Antes, o governo do Rio trabalhava com a receita de extra de R$ 3,5 bilhões. Após revisão feita pela União, o valor do empréstimo foi reduzido a R$ 2,9 bilhões.

FONTE: https://extra.globo.com/emprego/servidor-publico/mesmo-com-emprestimo-estado-nao-garante-pagar-salarios-em-dia-ate-fim-de-2017-21972504.html

Compartilhe