Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

MINISTROS DO STF REAJUSTAM EM QUASE 60% SEU AUXÍLIO-MORADIA

Os ministros do Supremo Tribunal Federal decidiram na noite de ontem (21/9) aumentar em quase 60% os valores de seu auxílio-moradia. Segundo eles, o valor não era reajustado desde 2003. A partir do mês que vem, o benefício mensal passará de R$ 2.750 para R$ 4.377. A quantia será paga além do salário, de R$ 27,6 mil, teto do funcionalismo público.

O pagamento desse benefício só vale para ministros que não têm residência fixa em Brasília ou que não ocupam apartamento funcional. Segundo o STF, o único integrante da corte que hoje recebe o auxílio é Luiz Fux.

Juízes auxiliares, que são convocados para trabalhar nos gabinetes, também terão aumento de 23,06% no benefício. O valor, neste caso, passará de R$ 2.750 para R$ 3.384. O aumento é menor porque já houve um reajuste em 2008. Cálculos do tribunal indicam impacto mensal de R$ 78,8 mil. (informações da Folha de S. Paulo)

Compartilhe