Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

PELO SÉTIMO DIA CONSECUTIVO, ESPANHÓIS PROTESTAM CONTRA PLANO DE AUSTERIDADE DO GOVERNO

Pelo sétimo dia consecutivo, estão marcadas para hoje (17) mais manifestações por toda a Espanha, com concentração em Madri, a capital. Os manifestantes, liderados por funcionários públicos, protestam contra o plano de austeridade anunciado pelo governo espanhol. Os manifestantes temem mais desemprego e redução de salários, além de aumento de impostos.

O calendário de protestos inclui 80 manifestações sob o comando das duas maiores centrais sindicais do país. O ápice será na quinta-feira (19) e no sábado (21). De acordo com o Sindicato Unificado da Polícia, o objetivo é pressionar o governo espanhol a rever o plano de austeridade.

As medidas incluem o corte do subsídio de Natal dos funcionários públicos e a redução do número de folgas. O porta-voz do sindicato, José María Benito, disse que essas mudanças desestimulam os funcionários públicos. O porta-voz da Confederação Espanhola de Polícia, Lorenzo Nebreda, definiu o momento atual no país como sendo de “desilusão”.

Desde a semana passada, quando o primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, anunciou o novo plano de ajuste, dezenas de manifestações foram organizadas em vários pontos da Espanha, com destaque para a capital do país.

Para o dia 3 de agosto, está marcada uma greve no setor do transporte ferroviário. Outros setores públicos têm agendadas mobilizações, protestos e concentrações. Também há previsão de uma greve geral em agosto. (informações da Agência Brasil)

Compartilhe