Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

PROFESSORES DA REDE ESTADUAL DO RIO SUSPENDEM GREVE

Profissionais da rede estadual de Educação do Rio de Janeiro suspenderam a greve nessa terça-feira (16). A categoria, atualmente em estado de greve, aprovou uma paralisação para o dia 5 de outubro. Neste dia, o Sindicato da categoria (Sepe) volta a negociar com o governo.

Além de discutir a maneira como será incorporada aos salários a gratificação “Nova escola”, o Sindicato tratará da incorporação dos professores com jornada de 40 horas ao plano de carreira. Está é uma das principais reivindicações da categoria e não foi atendida.

A coordenadora do Sepe, Maria Beatriz Lugão, explica que o Sindicato propôs a saída da greve em razão da falta de garantia do abono dos dias parados. “O movimento achou por bem se reorganizar. Nós não fazemos só pressão quando estamos em greve, fazemos pressão também quando [nos] organizamos nas escolas. O prazo [de espera para a negociação], com certeza é maior do que queríamos”.

Com a greve, a categoria manteve a bonificação de 12% por tempo de serviço e garantiu a aproximação ao salário mínimo do piso salarial dos funcionários administrativos. Já a incorporação dos professores ao plano de carreiras beneficiará quase sete mil profissionais. O governo não reconhece a promoção desses professores aprovados pelo Projeto Extraordinário de Educação, organizado pelo Sepe, mas que trabalham na rede estadual.

Compartilhe