Skip to content

SETE MUNICÍPIOS FLUMINENSES ELEGERAM PREFEITOS NO 2º TURNO

Sete cidades fluminenses elegeram seus prefeitos neste domingo (28/10): Niterói, Belford Roxo, São Gonçalo, Nova Iguaçu, Volta Redonda, Petrópolis e Duque de Caxias.

Em Niterói (RJ), Rodrigo Neves (PT) foi eleito com 52,5% dos votos. Impulsionado por diversas forças políticas, entre as quais a presidente da República, Dilma Rousseff, o petista derrotou nas urnas o candidato Felipe Peixoto (PDT), que contava com o apoio do prefeito em fim de mandato, Jorge Roberto Silveira (PDT).

Já no município de Belford Roxo, o comunista Denis Dauttmam (PCdoB) foi eleito prefeito. Com ele, o PCdoB elege seu primeiro prefeito no Estado. O resultado do pleito pode mudar, contudo, porque a Justiça Eleitoral ainda precisa julgar a situação do vice-prefeito. Ao longo da disputa, Dauttmam trocou de vice três vezes.

O deputado federal Neilton Mulim (PR) reverteu o resultado do primeiro turno e venceu as eleições em São Gonçalo. Com 56,7% dos votos ele derrotou o rival Adolfo Konder (PDT), que era favorito, segundo as pesquisas. O político, que também é professor de matemática, já havia sido eleito em outras ocasiões. Antes de ser eleito para a Câmara dos Deputados pela segunda vez em 2010, ele foi vereador de São Gonçalo por três vezes consecutivas.

Em Nova Iguaçu, Nelson Bornier (PMDB) foi eleito com 55% dos votos. O deputado federal venceu a disputa com a concorrente do PDT, Sheila Gama, que tentava a reeleição. Bornier retorna ao cargo que ocupou entre 1997 e 2000 com a promessa de que o cumprirá até o fim. Em 2002, após ser reeleito no pleito do ano anterior, o peemedebista renunciou à prefeitura para se lançar candidato a deputado federal.

Na cidade de Volta Redonda, Antônio Francisco Neto (PMDB) foi reeleito com 55% dos votos. Ele disputou o segundo turno — o primeiro da história da cidade — com o candidato Zoinho (PR), deputado federal. Neto entra em seu quarto mandato — ele foi eleito prefeito de Volta Redonda também em 1996, 2000 e 2008.

Após correr o risco de ficar fora do segundo turno por causa de uma decisão da Justiça, o médico Rubens Bomtempo (PSB) foi eleito prefeito de Petrópolis 56% dos votos. Ele derrotou o deputado estadual Bernardo Rossi (PMDB). Bomtempo fará seu terceiro mandato, já que foi prefeito da cidade entre duas ocasiões.

O prefeito eleito de Duque de Caxias, Alexandre Cardoso (PSB), obteve 230.549 votos, equivalente a 51,51% do total válido, e venceu Washington Reis (PMDB), que recebeu 217.004 votos, ou 48,49% do total. Duque de Caxias tem 855 mil moradores, uma renda per capita de cerca de R$ 37 mil, por abrigar uma grande refinaria da Petrobras, mas ocupa apenas a 52ª posição, entre os 92 municípios fluminenses, no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) estadual. (informações do portal UOL e da Agência Brasil)

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Veja Também

Outras Notícias

NOTA DE PESAR

Com enorme tristeza, comunicamos o falecimento de Maria Auxiliadora Rio Doce. Maria trabalhava como escrevente juramentada no 18º oficio de notas. O velório será neste

NOTA DE PESAR

Com enorme tristeza, comunicamos o falecimento da nossa colega Mônica Vasconcellos Santos, que era lotada na comarca de Niterói. O velório e o sepultamento serão