Skip to content

SOLIDARIEDADE AOS SERVIDORES DO JUDICIÁRIO DO ES EM GREVE

A Fenajud (Federação Nacional dos Servidores do Judiciários nos Estados) está prestando sua solidariedade ao justo novimento dos servidores do Judiciário do Espírito Santo, que estão em greve desde o último dia 12 de setembro, para pressionar pela sanção da alteração do Plano de Cargos e Vencimentos. A greve é por tempo indeterminado e abrange quase a totalidade dos servidores.

A decisão foi tomada pela categoria em assembleia e estão mantidos apenas os percentual de serviços determinado por lei, atendendo apenas às questões consideradas de urgência e emergência, de acordo com a Resolução 71/2009, do Conselho Nacional de Justiça.

Para o presidente da Fenajud, Valter Assis Macedo, o movimento é justo e mostra uma forte disposição de luta da categoria. “Sabemos como é difícil fazer greve no Judiciário e a pressão que sofrem os servidores. Mas os colegas do Espírito Santo estão demonstrando coragem e unidade e podem contar com todo nosso apoio”, declarou Macedo.

O comparativo entre as remunerações dos servidores dos Tribunais de Justiça dos outros Estados mostra que os vencimentos no ES ocupam a 17ª colocação nos cargos de nível médio, e a 21ª, nas funções de nível superior. O que os servidores buscam é nada mais do que valorização e respeito.

HISTÓRICO — Em 14 de agosto, o Pleno do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) aprovou por unanimidade o Projeto de Lei 202/2014 que altera alguns dispositivos da Lei Estadual nº 7.854/2004, o Plano de Carreiras e de Vencimentos dos Servidores Efetivos do Poder Judiciário do Estado do Espírito Santo. No dia 9, a Assembleia Legislativa aprovou a matéria que aguarda agora a sanção do governador do Estado.

Entre os itens do plano está a recuperação das perdas inflacionárias geradas, segundo Machado, por um período de mais de 10 anos em que os servidores recebem reajustes salariais abaixo da inflação. (informações da Fenajud)

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Veja Também

Outras Notícias

NOTA DE PESAR

Com enorme tristeza, comunicamos o falecimento de Maria Auxiliadora Rio Doce. Maria trabalhava como escrevente juramentada no 18º oficio de notas. O velório será neste