Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

Temer cita contingenciamento e diz que economia ainda não decolou por inteiro

Presidente fez discurso em evento organizado por um banco americano em São Paulo. Equipe econômica deve anunciar nesta quarta medidas para cobrir rombo no Orçamento.

O presidente Michel Temer disse nesta quarta-feira (29), durante discurso em São Paulo, que a economia do país “ainda não decolou por inteiro”. Segundo ele, isso justifica o fato de que possa haver “certo contingenciamento” no Orçamento do governo.
A equipe econômica deve anunciar na tarde desta quarta-feira (29) medidas para cobrir o rombo no Orçamento da União para o ano de 2017. Segundo afirmou na semana passada o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, o rombo (diferença entre as despesas e a receita) é da ordem de R$ 58 bilhões.
A expectativa é a de que, entre as medidas a ser anunciadas, devem aparecer cortes no Orçamento, também chamados de contingenciamento, e até mesmo aumento de impostos.
“A economia ainda não decolou por inteiro, ainda está decolando, tanto que vez ou outra vocês veem notícia de que talvez haja necessidade de um certo contingenciamento. Uma ou outra medida, que seja necessária, ela passa a ser episódica e transitória, para que logo depois possamos eliminar o contingenciamento, ou outro gravame qualquer que tenhamos que colocar no lugar para manter esse ritmo da responsabilidade fiscal”, afirmou o presidente.

FONTE: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/temer-defende-contingenciamento-e-diz-que-economia-ainda-esta-decolando.ghtml

Compartilhe