Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

UMA A CADA QUATRO BRASILEIRAS SOFRE COM VIOLÊNCIA DOMÉSTICA, DIZ PESQUISA

De acordo com uma pesquisa realizada pela ONG suíça Centro pelo Direito à Moradia contra Despejos (Cohre), uma em cada quatro brasileiras sofre com a violência doméstica. A instituição divulgou ainda que a cada 15 segundos, uma mulher é atacada no Brasil.

No país, 70% das vítimas de violência foram agredidas dentro de casa e, em 40% dos casos, houve lesões graves. Das mulheres assassinadas no país, 70% sofreram agressões domésticas. A ONG informa ainda que esses problemas afetam, principalmente, as mulheres pobres que vivem em comunidades carentes.

O relatório analisa a questão da violência contra a mulher no Brasil, na Argentina e na Colômbia. Nesses países, o estudo informa que a “falta de acesso a uma moradia adequada, incluindo refúgios para mulheres que sofrem maus-tratos, impede que as vítimas possam escapar de seus agressores”.

Segundo o documento, “a dependência econômica aparece como a primeira causa mencionada pelas mulheres dos três países como o principal obstáculo para romper uma relação violenta”. No Brasil, 24% das mulheres entrevistadas disseram que não deixam os companheiros que causam maus tratos porque não teriam como se sustentar. (informações da Agência Brasil)

Compartilhe