Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
destaque home

A Reforma autoriza o aumento da alíquota previdenciária

A contribuição previdenciária é tema de debate entre a categoria. Hoje, uma das principais pautas do sindicato é a diminuição da alíquota, que está em 14% e consome boa parte dos vencimentos dos serventuários.

Com a Reforma da Previdência, a situação pode ficar ainda mais difícil.

O texto da proposta autoriza que o governo possa, por meio de lei complementar, estabelecer tanta a contribuição progressiva como uma alíquota extraordinária – que seria descontada de salários acima de um salário mínimo.

A PEC define que a alíquota mínima para os servidores deve ficar em 14% e que os estados adotem uma fórmula progressiva, de acordo com a faixa salarial. Mas a Reforma abre brechas para que a porcentagem descontada seja ainda maior, caso os governos estaduais identifiquem a necessidade de suprir algum deficit.

Além de todas as dificuldades que impõe aos servidores públicos, a Reforma ainda abre brechas para que o salário dos serventuários encolha cada vez mais com o passar dos anos.

O que muda para você: parte dos seus vencimentos podem ser abocanhados ainda mais. #NovaPrevidênciaÉNovoRetrocesso

Compartilhe
1
Receba mais notícias por WhatsApp
Powered by