Skip to content

SERVIDORES DO INSS FAZEM GREVE PELA MANUTENÇÃO DE JORNADA SEM REDUÇÃO DE SALÁRIOS

Os servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) estão em greve desde a última terça-feira (16). Os trabalhadores reivindicam, entre outras coisas, a manutenção da jornada de 30 horas semanais sem redução do salário. O governo federal prevê uma redução salarial de R$ 2 mil para os trabalhadores que não optarem pela jornada de 40 horas. A greve tem adesão de servidores em 16 estados, entre eles São Paulo, Rio de Janeiro e o Distrito Federal. O governo não abriu ainda as negociações.

Os servidores também reivindicam a reestruturação da carreira e a contratação de 20 mil novos trabalhadores por concurso público. Segundo a coordenadora do Sindicato de Trabalhadores em Saúde e Previdência no Estado de São Paulo (Sinsprev), Roseli Queiroz, caso o governo não atenda essas medidas, a população sentirá no atendimento os efeitos da precarização do trabalho da categoria.

“Como pode [o governo] suspender o concurso, deixar de convocar os aprovados do último concurso e ainda discutir a abertura de 720 novas agências? E [ainda] temos hoje um número expressivo de servidores que irá pedir suas aposentadorias. Avaliamos que tem duas possibilidades: ou [o governo] vai terceirizar esse serviço ou a situação do atendimento vai ser realmente de baixa qualidade”. (informações da Radioagência NP)

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Veja Também

Outras Notícias

NOTA DE PESAR

Com enorme tristeza, comunicamos o falecimento do colega NATANAEL DE SOUZA RAMOS, aposentado, da Comarca deCampos dos Goytacazes. Natanael sempre participava de todas as atividades