Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

SERVIDORES DO INSS FAZEM GREVE PELA MANUTENÇÃO DE JORNADA SEM REDUÇÃO DE SALÁRIOS

Os servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) estão em greve desde a última terça-feira (16). Os trabalhadores reivindicam, entre outras coisas, a manutenção da jornada de 30 horas semanais sem redução do salário. O governo federal prevê uma redução salarial de R$ 2 mil para os trabalhadores que não optarem pela jornada de 40 horas. A greve tem adesão de servidores em 16 estados, entre eles São Paulo, Rio de Janeiro e o Distrito Federal. O governo não abriu ainda as negociações.

Os servidores também reivindicam a reestruturação da carreira e a contratação de 20 mil novos trabalhadores por concurso público. Segundo a coordenadora do Sindicato de Trabalhadores em Saúde e Previdência no Estado de São Paulo (Sinsprev), Roseli Queiroz, caso o governo não atenda essas medidas, a população sentirá no atendimento os efeitos da precarização do trabalho da categoria.

“Como pode [o governo] suspender o concurso, deixar de convocar os aprovados do último concurso e ainda discutir a abertura de 720 novas agências? E [ainda] temos hoje um número expressivo de servidores que irá pedir suas aposentadorias. Avaliamos que tem duas possibilidades: ou [o governo] vai terceirizar esse serviço ou a situação do atendimento vai ser realmente de baixa qualidade”. (informações da Radioagência NP)

Compartilhe