Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

SERVIDORES DO TJMG PARAM NO DIA 24 DE OUTUBRO

Nessa quarta-feira, dia 24, os servidores do Tribunal de Justiça de Minas vão fazer paralisação de 24 horas. A partir das 13h eles vão se unir aos oficiais de justiça para um protesto no Fórum Lafayette.

Mas por que a categoria decidiu parar e protestar? Porque a lei do Plano de Carreiras tem sido desrespeitada e, com isso, as promoções estão paradas (lá em 2004). Porque a lei do reposicionamento não foi regulamentada, nem implementada como e quando deveria, e o TJ deve ao servidor atrasados de janeiro a abril. Porque, como o TJ ainda não nomeou os concursados, o servidor está com sobrecarga de trabalho. Porque o salário do servidor está superdefasado — é um dos mais baixos da Justiça no Brasil.

Porque os servidores aposentados não recebem o mesmo tratamento dos magistrados aposentados. Porque a Administração só tem dinheiro quando é para saldar dívidas com juízes e desembargadores, e eles já ganham (no mínimo) cerca de dez vezes mais do que a maioria absoluta dos servidores.

Porque para atender às reivindicações dos funcionários nunca há verba e a única resposta é de que serão oportunamente atendidas (oportunamente que nunca chega). Porque o auxílio-creche não é reajustado desde que foi criado, há quase 10 anos. Porque, hoje, mais do que nunca, o servidor é sistematicamente desrespeitado e desvalorizado pela administração.

Porque a atual administração não negocia satisfatoriamente com a categoria, não apresenta propostas e ainda reprime os servidores. Porque, há mais de um ano, os representantes dos servidores tentam outras ações, mas a categoria é ignorada, desvalorizada, “enrolada” em pseudonegociações, além de preterida nos pagamentos e ajustes de débitos em atraso. É por tudo isso, que o servidor do judiciário mineiro vai parar e protestar no dia 24 de outubro.

Fonte: Sinjus-MG

Compartilhe