Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

SERVIDORES ESTADUAIS FAZEM PASSEATA E DECIDEM GREVE DE ADVERTÊNCIA

Os servidores públicos estaduais fizeram uma passeata na Avenida Rio Branco, no Centro da cidade, na tarde desta quinta-feira. De acordo com os manifestantes, o protesto foi motivado pelas alterações realizadas pelo governo estadual na aposentadoria dos servidores e nos triênios. Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Rio (Sepe), decidiu ainda por uma greve de 48 horas de advertência na segunda e terça-feiras (dias 18 e 19).

O Movimento Unificado dos Servidores Públicos Estaduais (Muspe), o Sepe, a Associação de Docentes da Uerj (Asduerj), o Sindicato dos trabalhadores das Universidades Públicas Estaduais do Rio (Sintuperj) e o Sindicato dos Servidores do DER-RJ (Sinder-RJ) integraram o grupo de manifestantes.

Apesar das reivindicações, o secretário de Estado da Casa Civil, Regis Fichtner, afirmou, na manhã desta quinta, que os triênios dos servidores estaduais não serão afetados com a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 4782) ajuizada pelo Governo do Estado no Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com o secretário, o objetivo da ação é apenas dar uma garantia constitucional ao Estado no momento de legislar sobre as novas carreiras que estão sendo criadas no Rio.

“Não há a menor possibilidade de o Estado retirar triênios de qualquer servidor, isso é um direito dos servidores. O Estado foi ao Supremo para que, caso queira criar uma nova categoria sem o triênio, possa fazer isso. Jamais mexeremos nos triênios dos servidores que os possuem”, explica Fichtner.

De acordo com o Sepe, na próxima terça, uma nova assembleia será realizada no Clube Municipal, às 10h. Também na terça, às 15h, ocorrerá a assembleia geral dos servidores estaduais convocada pelo Muspe, na Uerj. Os servidores exigem que o governador Sergio Cabral “retire a ação do STF que pede o fim dos triênios”. (informações de O Dia Online)

Compartilhe