Skip to content

Servidores fazem assembleia, na sexta, dia 26

CABRAL AMEAÇA DESATIVAR O HOSPITAL DO IASERJ

Os servidores do Hospital do Iaserj Central farão assembleia na próxima sexta-feira, dia 26, às 10 horas, no auditório da unidade (Rua Henrique Valadares, próximo à Praça da Cruz Vermelha). Os funcionários vão solicitar da direção do Hospital explicações sobre informações de que o governo do estado está planejando a desativação da unidade em 30 dias.

O Hospital do Iaserj tem 1.500 servidores. Ele faz, todo mês, 9 mil consultas, 30 mil exames, 100 internações, 1.400 exames de imagem (raios X e tomografia) e tem 19 leitos de CTI. O governo quer desativar mais este hospital, para depois demoli-lo e, em seu lugar, permitir com que o Ministério da Saúde construa uma nova sede do Instituto do Câncer.

AUDIÊNCIA — A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) fará audiência pública, dia 30, às 11 horas, na sala 311. Estão sendo convocadas autoridades do governo do estado, além de conselheiros de saúde e representantes sindicais. Na ocasião, o deputado Paulo Ramos (PDT-RJ), autor da convocação da audiência, vai cobrar também informações sobre o destino dado aos bens patrimoniais dos setores já desativados do Iaserj (Madureira, Gávea e Penha) e do Hospital Pedro II. (informações do Sindsprev-RJ)

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Veja Também

Outras Notícias

X