Filiado à FENAJUD, DIEESE e DIAP
Sindicato dos Servidores
do Poder Judiciário do Rio de Janeiro
Notícias Sindicais

UERJ: GREVE SUSPENSA, MAS MOVIMENTO SAI FORTALECIDO

A assembléia geral dos servidores técnico-administrativos da Uerj decidiu suspender a greve para fortalecer o movimento e preparar as lutas de 2009. A partir de segunda-feira, dia 1º de dezembro, eles estarão em estado de greve.

A greve conquistou vitórias políticas importantes. A principal foi o fortalecimento da categoria técnico-administrativa. A pressão política do movimento fez caírem as máscaras. O governador Sérgio Cabral mostrou sua intransigência e desprezo pela Uerj que, diante da platéia, chamou de “jóia da coroa”. O reitor Ricardo Vieiralves expôs seus verdadeiros compromissos. Ficou claro que ele representa os interesses do governo dentro da universidade.

Os servidores também conquistariam a correção de alguns enquadramentos no plano de cargos e carreira (PCC), o pagamento atrasado do PCC para quem ainda não havia recebido e o pagamento da titulação. Entretanto, as suas reivindicações centrais não foram atendidas. O reajuste salarial não veio e o orçamento do Estado deve ser votado nas duas próximas semanas na Assembléia Legislativa (Alerj).

Diante da intransigência do governo, apoiada pela subserviência da reitoria, o movimento dos trabalhadores da Uerj mostrou força e disposição de luta. É hora de recuar para acumular forças. Não foi a primeira, nem será a última greve dos técnico-administrativos da Uerj, na luta em defesa de seus direitos e do serviço público de qualidade. (com informações do Sintuperj)

Compartilhe